Prefeito Hildon Chaves pede prorrogação de prazo para construção de casas aos militares

Prefeito Hildon Chaves pede prorrogação de prazo para construção de casas aos militares

Geral

Uma ação da Prefeitura de Porto Velho vai impedir que 408 policiais e bombeiros militares percam o direito a moradia digna e com mais segurança para suas famílias em condomínio fechado. Na noite de segunda-feira (4), o prefeito de Porto Velho, dr Hildon Chaves, anunciou que vai encaminhar à Câmara Municipal, mensagem propondo a extensão do prazo para a construção das habitações em terreno doado pelo município em 2011, na gestão de Roberto Sobrinho.

O prefeito explicou aos militares que o prazo dado na época para concretizar o empreendimento vence até maio do próximo ano, mas com a matéria aprovada pelos vereadores, os beneficiários ganharão mais tempo para realizar a obra. Sem essa ação da prefeitura o terreno volta para o município e terá outra destinação. “Estamos pedindo a prorrogação em favor da classe. Não é razoável se opor ao empreendimento. Temos interesse em fomentar o desenvolvimento”, declarou dr Hildon.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Rondônia, coronel Felipe Chianca enalteceu a atitude do prefeito. Disse se tratar de um feito histórico que vai contribuir de forma decisiva para com a segurança dos militares, que se sentem vulneráveis nesse sentido por causa da função que exercem. “Os que forem contemplados terão a tranquilidade de morar em um condomínio exclusivo para militares e o prefeito está de parabéns por atender a categoria”, disse.

O presidente da Associação do Corpo de Bombeiros Militar, cabo Dênis Clédson, também agradeceu ao prefeito e disse que o projeto serve de modelo para todo o Brasil. Ele explicou que 80% das casas serão destinadas a policiais e 20% aos bombeiros militares. Disse ainda que 1,5 do percentual de vendas, cerca de R$ 671.000 retornarão para o condomínio em forma de compensação para novas melhorias. O lote doado está localizado no bairro Areia Branca, zona Sul.

Também estiveram presentes à solenidade o deputado estadual Jesuíno Boabaid, que é policial militar; os vereadores Maurício Carvalho (presidente da Câmara) e Alan Queiroz; o presidente do Sinduscom (sindicato da construção civil), Maurílio Vasconcelos; a secretária municipal de regularização fundiária e habitação, Márcia Luna, além do assessor de política governamental da prefeitura, Devanildo Santana e vários bombeiros e policiais militares, entre eles o ex-vereador Cabo Anjos, que pleiteou a doação do lote junto à gestão municipal da época.

Leia Também

Envie seu Comentário

© Impacto Rondônia 2017 - Todos os Direitos Reservados.

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos boletins diariamente.

Back to Top